Navegue pelo menu principal com a tecla Tab ou as teclas de movimento; acesse cada seção com a tecla Enter; navegue pelos blocos no menu de cada seção com as teclas de movimento ou por cada uma das opções com a tecla Tab.
​​


​Animais de estimação a bordo

Se na próxima viagem você quiser viajar com seu animal de estimação, você pode usar o serviço de transporte na cabine ou no porão dependendo da situação.

Recomendações:

  • Solicite este serviço em nosso call center quando fizer sua reserva aérea e com até 24 horas de antecedência à saída de seu voo. Este serviço está sujeito à disponibilidade de vaga, o número de animais de estimação aceitos em cada aeronave é limitado.
  • Economize tempo e compre antecipadamente o serviço para o transporte de animais de estimação na cabine em nossos pontos de venda ou agências de viagens. Adquira ao fazer sua reserva ou 24 horas antes da saída de seu voo.
  • Na Colômbia, no México, na Argentina, na Espanha e na Grã-Bretanha, também pode comprar este serviço antecipadamente em nosso call center.
  • Deve-se cumprir com os requisitos sanitários da procedência, lugares de conexão e destino, conforme o caso, e portar o certificado de inspeção sanitária emitido pela autoridade de cada país.
  • A tarifa do serviço é aplicada apenas por trajeto.
  • A tarifa varia dependendo do país desde e para onde voar.
  • O serviço não é aplicado para reservas com companhias aéreas aliadas e/ou código compartilhado, apenas aplica-se entre TACA Internacional, Lacsa, TACA Peru, Avianca e Aerogal.

O que deve levar em conta

  • Aceitamos cachorros e gatos e em voos dentro da Colômbia aceitam-se aves pequenas ornamentais.
  • Não transportamos, nem na cabine nem no porão, aves exóticas vivas, espécies protegidas ou em via de extinção.
  • Viaje com seu animal de estimação como bagage​m de mão, sempre que exista o espaço suficiente para acomodá-lo debaixo do assento localizado à frente do seu.
  • O serviço está disponível para todas as rotas exceto para as transoceânicas (voos para a Espanha ou Reino Unido).

  • Você deve fornecer a bolsa de transporte de seu animal de estimação. Caso você não tiver uma bolsa de transporte, pode comprar uma das bolsas que disponibilizamos para você, sujeito a disponibilidade. Por enquanto não temos bolsas de transporte à venda em voos domésticos no Equador.

  • Seu animal de estimação deve permanecer dentro do pet contêiner durante todas as fases do voo.

  • Para maior informação sobre alguns requisitos sanitários para animais de estimação consultar a aba: Permissões de viagem.​

  • Os animais deverão permanecer com coleira e focinheira (a não ser que suas características morfológicas impessam o seu uso) durante o tempo em que se encontrarem no aeroporto e fora de seu contêiner.

  • Para voos dentro da Colômbia é requisito apresentar o crachá de certificação de vacinação, subscrito por um veterinário indicando o número de matrícula profissional.



​Aceitaremos unicamente uma mala por passageiro e somente um animal de estimação dentro, a qual deve cumprir com as correspondentes indicações.

Peso do animal de estimação (incluído sua bolsa)

Dimensões do canil​

10 quilogramas (22 libras)
Altura do animal de estimação: 20 centímetros

​90 centímetros (35 polegadas lineais)
Comprimento 40.6 centímetros + largo 27.9 centímetros + alto 20.3 centímetros (Comprimento 16 polegadas lineais + largo 11 polegadas lineais + alto 8 polegadas lineais)

São aceitas bolsas leves só, desde que possam ser arrumadas debaixo do assento de passageiros e que cumpram com as dimensões descritas acima.

Restrições do serviço 

  • Os cães e gatos menores de 8 semanas não são aceites, devido ao fato de serem mais vulneráveis por conta de seu tamanho e podem sofrer desidratação durante a viagem. Leve em conta que o número de semanas mínimas permitidas para o ingresso a um país pode variar dependendo das normas estabelecidas no destino, por isso sugerimos que esteja informado primeiro.​

 

​​​ ​

Leve em conta

  • Os animais de estimação só poderão ser transportados no porão se cumprirem com as seguintes condições:
  • Tempo de duração do voo Peso máximo do animal de estimação*

    ​Menor e igual a 4 horas

    ​20 quilogramas

    ​De 4 a 5 horas

    10 quilogramas

    *Não inclui o peso do contêiner.

  • Aceitamos cachorros e gatos.
  • Não transportamos, nem na cabine nem no porão, aves exóticas vivas, espécies protegidas ou em via de extinção.
  • Em voos operados pela Embraer​ o serviço não se encontra disponível.
  • Se seu voo tiver uma conexão ou mais de um voo para chegar a seu destino, cada um destes trajetos não deverá ser maior a 4 horas quando o animal de estimação não superar os 20 quilos ou de 4 a 5 horas quando a animal de estimação não superar os 10 quilos (não inclui o peso do contêiner).
  • Os cachorros e gatos menores de 8 semanas não são aceitos como bagagem no porão, devido ao seu tamanho, são mais vulneráveis a uma desidratação durante o voo. Leve em conta que o número de semanas mínimas permitidas para o ingresso de um animal de estimação a um território pode variar conforme o regulamento estabelecido pelo país de destino; por tal razão, sugerimos informar-se primeiro.
  • Aceitam-se cachorros de raças conceituadas perigosas ou agressivas como bagagem no porão com as seguintes condições:
    • As raças permitidas conceituadas perigosas ou agressivas com uma alçada, ou altura, de 35 centímetros ou mais devem viajar como bagagem no porão e em um contêiner de paredes metálicas. O contêiner não será aberto durante o voo, por esta razão, deve ter dispositivos fabricados com materiais não tóxicos que permitam a alimentação e hidratação do animal.
    • Se por algum motivo não deseja transportar a seu animal de estimação no contêiner com paredes metálicas, é exigido, sem exceção alguma, que o animal use focinheira de cesta. 
    • Deve consultar e cumprir com os requisitos estabelecidos para a importação e exportação exigidos em cada país de destino.
    • Tenha em conta que, mesmo que a Companhia Aérea aceite o transporte de animais de estimação  de raças perigosas, o regulamento sanitário de cada país pode restringir o ingresso do animal e a Companhia Aérea não se faz responsável pelas ações posteriores que a autoridade sanitária realizar.
  • Para voos operados por A330 e Boeing 787, permitem-se animais de estimação  no porão de até 46 quilos de peso (incluindo o peso do contêiner) e não há restrição no tempo de voo.
  • Só pode viajar um animal por contêiner.
  • O tamanho do contêiner deve permitir ao animal de estimação, em qualquer momento, parar-se, girar e deitar-se com facilidade de maneira natural.
  • O peso do contêiner não deve ultrapassar os 10 quilos.​

Considerações especiais

Pela segurança de seu animal de estimação, as raças de cachorros e gatos braquiocefálicos (de fossas nasais muito estreitas) não estão permitidas, como são susceptíveis de sofrer asfixia e problemas respiratórios quando estão expostas ao estresse ou ao calor.

Se seu animal de estimação não apresentar esta condição poderá transportá-lo, ainda se faz parte da lista de raças que estão predispostas à padecer. Somente deve apresentar um certificado subscrito por um veterinário e assinar um documento no aeroporto que certifiquem que seu animal de estimação não tem esta síndrome. 


Raças de cachorros e gatos braquiocefálicos que não transportamos

Raças de cachorros

​Boston Terrier

Bouledogue français

Bulldog

Bulldog Francés

Bulldog Inglés

Brussels Griffon

Cavalier​ King Charles Spaniel

​Chin​

Chinese Shar Pei​

​Deutscher Boxer Boxer​​

Doguillo​

​Dogue de Bordeaux

​Dogo de Burdeos

​English Toy Spani​​el

​​French Bulldog

​Griffon belge

Grifón Belga

​​Grifón de Bruselas

​King​ Charles Spaniel

​Pekinés

​​​Pekingese

​​Petit Brabançon​

​​Pug

Spaniel Japonés

​​​Tibetan Spaniel Spaniel ​

​​Tibetano​

 


Raças de gatos

​Burmese​​

​Exo​tic Sh​orthair

​​​Himalayo

Persa​​



​​​

Voos domésticos na Colômbia e no Equador​

  • Aceitamos cães, gatos e galos de briga (o transporte de aves não está disponível para voos ao interior do Equador).​

  • Para voos com destino às Ilhas Galápagos (Baltra e San Cristóbal), dentro do Equador, não é permitido o transporte de animais de estimação. No entanto, este serviço é permitido nos voos que saírem das Ilhas Galápagos (Baltra e San Cristóbal) para qualquer outro destino no Equador.

  • Raças permitido, consideradas agressivas são: American Staffordshire Terrier, bull terrier, De Presa Canario, Doberman, Dogo Argentino, Dogo Argentino, Fila Brasileiro, Mastim Napolitano, Pit Bull Terrier, Rottweiler e Tosa japonês.






Em cabine

​​Voos

​Taxas*

Desde/para os Estados Unidos e Canadá​

USD 125

​Resto de rotas internacionais

USD 100**
USD 125***

​Doméstico Peru

USD 30**
USD 20***

Doméstico Colômbia

COP 50.000**

COP 60.000**​*

Doméstico Equador

USD 20

​Ao interior da Centro América

​USD 75

​Doméstico Honduras e Guatemala​

USD 20

​​

*Mais impostos aplicáveis.

**Aplica para boletos emitidos até 02 de abril de 2017.​

***Aplica para boletos emitidos a partir de 03 de abril de 2017.


Em carga

Até 20 kg ​(44 lb)

​​​

Voos​

​Taxas*

Ao interior da Colômbia

​​​COP 150.000

​Ao interior da Perú

​USD 60

Ao interior da Equador

​USD 20**
USD30***

​Internacionais

​USD 125**
USD 150***​

Desde/para os Estados Unidos e Canadá​

​USD 125**
USD 150***​

Ao interior da Honduras e Guatemala

​USD 30

​Ao interior da Centro América

​USD 100

​Entre a Colômbia e a Europa com conexões (ambas vias)

​USD 200** EUR 150** GBP 120​**
USD 250*** EUR 235*** GBP 200***

Até 32 kg (70 lb) 

Entre a Colômbia e a Europa sem conexões (ambas vias)​

USD 400** EUR 290** GBP 240**
USD 250*** EUR 235*** GBP 200***

​Ao interior da Colômbia

COP 180.000**
COP 150.000***

Até 45 kg (100 lb) ​​

Entre a Colômbia e a Europa sem conexões (ambas vias)​

USD 600** EUR 500** GBP 360**
USD 250*** EUR 235*** GBP 200***

​Ao interior da Colômbia

COP 220.000**
COP 150.000***

​​

*Mais impostos aplicáveis.

**Aplica para boletos emitidos até 02 de abril de 2017.​

***Aplica para boletos emitidos a partir de 03 de abril de 2017.

​​​​​​​​​​​

Leve em conta

  • Restringe-se o transporte de animais de estimação  como bagagem para Barbados por disposição do Ministério de Agricultura e Desenvolvimento Rural deste país. Os cachorros ou gatos sempre viajarão para Barbados como carga registrada; o passageiro que viajar com este tipo de animais deverá fazer o processo de alfândega na sua chegada, onde se examinará o animal de estimação, no Centro de Recepção Animal, para aprovar seu ingresso a este país.
  • Para voos desde e para Londres o serviço não está disponível devido às restrições impostas pelo Centro de Recepção Animal.
  • Não se aceita o transporte de animais vivos para as Ilhas Galápagos.
  • Por regulamento nas ilhas de Aruba e Curaçao, o ingresso de animais de estimação  e alimentos está proibido. Esta restrição não aplica para os galos.

Se viajar com cachorros e gatos

  • Todos os passageiros que desejarem ingressar cachorros ou gatos maiores de 4 meses a Porlamar (Ilha Margarita) deverão apresentar o certificado de vacinação antirrábica do animal de estimação, expedido por um médico veterinário e com vigor de um ano.
  • Se voar dentro da União Europeia deve contar com o passaporte europeu para o transporte de animais de companhia (cartão de vacinação). Tenha em conta que deve identificar o seu animal de estimação com algum decalque e vaciná-lo contra a raiva antes da viagem.
  • Para viagens ao Reino Unido, Irlanda, Malta, Finlândia e Noruega, deve tratar a seu animal de estimação com praziquantel entre 48 e 120 horas de antecedência à viagem.

Se viajar com aves​

  • ​Precisa a Guia de Mobilização Interna que emite o ICA em seus escritórios dos aeroportos colombianos.
  • Não transportamos, nem na cabine nem no porão, aves exóticas vivas, espécies protegidas ou em via de extinção.

Se viajar a destinos internacionais

  • Deve cumprir com os requisitos que exige cada território:
    • Certificado de Inspeção Sanitária, emitido pela autoridade agropecuária do país de origem. Para obtê-lo, apresente o original e a cópia do certificado de saúde com a raça, o sexo e a idade da animal de estimação (este documento deve ser emitido por um médico veterinário).
    • Xerox da carteira vigente de vacinas de acordo com a idade e espécie do animal.
  • A vigência do Certificado de Inspeção Sanitária depende da autoridade de cada país; no caso de o ICA, na Colômbia, tem uma validade de 24 horas.
  • Saiba que antes de iniciar sua viagem deve informar a respeito dos requerimentos sanitários para voar com animais de estimação  a seu destino.

Consulte algumas condições gerais para voar com animais de estimação aos seguintes países:

Espanha

Os passageiros que viajarem à Espanha com animais de estimação  devem ter em conta o seguinte:

  • Os passageiros provenientes de qualquer país para a Espanha, que desejarem transportar cães e gatos durante a viagem, devem portar o passaporte europeu para o transporte de animais de estimação ou cartão de vacinação do animal. O documento deve ser emitido por um médico veterinário, avaliado pela autoridade competente, e certificar que o animal cumpre com os requisitos assinalados a seguir:
    • Foi dado ao animal uma vacina antirrábica válida.
    • Se necessário, ao animal ter-lhe aplicado medidas sanitárias preventivas em relação com outras doenças.
  • É necessário que os cachorros ou gatos possam ser identificados através de sistemas eletrônicos. Se considerará que cumprem com este requisito quando os animais estiverem dotados de:
    • Sistema eletrônico de identificação (transponder): é um dispositivo passivo de identificação por radiofrequência e de só leitura. Deve cumprir com a norma ISO 11784, usar a tecnologia HDX ou FDX-B e ser lido por um dispositivo de leitura compatível com a norma ISO 11785. Se não possui nenhum destes sistemas eletrônicos, forneça a forma na que se lerá o identificador.
    • Independentemente do sistema de identificação de animais que se utilizar, deve assegurar de que tem o nome e o endereço do proprietário do animal de estimação.

Colômbia​

Para viajar com cachorros ou gatos para a Colômbia precisa:

  • Certificado Sanitário Original: deve ser emitido pela entidade sanitária oficial do país de origem, ter uma vigência máxima de 10 dias corridos e estar carimbado e assinado. Este documento deve provar que a animal de estimação:
    • Foi submetido a um exame clínico e encontra-se livre de doenças infectocontagiosas e parasitárias.
  • Não apresenta feridas frescas ou em processo de cicatrização.
  • Conta com um plano de vacinação vigente.
    • É apto para ser transportado.​
Neste certificado deve ser assinalado a espécie, identificação, raça, sexo, idade e pelagem do animal. Do mesmo modo, deve ser certificado que o animal de estimação recebeu um tratamento antiparasitário interno e externo com produtos devidamente autorizados no país de origem.

  • Para o transporte de aves pequenas, antes de sua viagem, deve tramitar um pedido de mobilização ou permissão com a Corporação Autônoma Regional das Bacias dos Rios Negro-Nare (CORNARE).
  • Para viagens a destinos internacionais, deve cumprir com os requisitos que forem exigidos em cada país. Neste caso, deve ser anexado o Certificado de Inspeção Sanitária, que é emitido pela autoridade agropecuária do país de origem (se entende como país de origem o lugar onde inicia o voo). Um dos requisitos para obter o Certificado é um documento onde um médico veterinário exponha o estado geral de saúde do animal e no que se especifique sua raça, sexo e idade; além disso, deve ser anexado cópia da carteira em vigor de vacinas do animal de estimação segundo sua idade e espécie.
  • Os Certificados de Inspeção Sanitária -emitidos pelas autoridades de cada país para o transporte de animais de estimação  em rotas internacionais- podem ter custos que devem ser assumidos pelo passageiro.
  • Assim mesmo, deve apresentar o animal de estimação para sua devida inspeção. A vigência do Certificado de Inspeção Sanitária depende da autoridade de cada país, no caso do ICA na Colômbia tem uma validade de 24 horas.
  • A partir de 17 de fevereiro de 2006 todas os animais de estimação  (cães e gatos), maiores a 4 meses, que vão ingressar a Porlamar (Ilha Margarita) deverão apresentar certificado de vacinação antirrábica, emitido por um médico veterinário com vigor de 1 ano.
  • Em voos nacionais as raças agressivas (American Staffordshire Terrier, Bull Mastiff, Dobermann, Dogo Argentino, Dogue de Burdeaux, Fila Brasileiro, Mastim Napolitano, Pit Bull Terrier, American Pit Bull Terrier, Dogue Canário, Rottweiler, Staffordshire Terrier e Tosa Japonês), com alçada de 35 centímetros ou mais deverão viajar por adega em contêiner metálico.

Panamá

Os passageiros que viajarem ao Panamá com animais de estimação  devem ter em conta o seguinte:

As animais de estimação  com destino ao Panamá, requerem o certificado de boa saúde do animal emitido pela autoridade sanitária do lugar de origem e autenticado ante o Consulado do Panamá do país de procedência.

Deve apresentar o Certificado de Exportação para pequenas espécies emitido pela Autoridade Sanitária do país de origem, onde conste que está vacinado contra a raiva.

deve notificar com 3 dias de antecipação a chegada do(s) animal de estimação(s) preenchendo o formulário de solicitação de Quarentena Domiciliária, o qual pode ter acesso no correio eletrônico cam@minsa.gob.pa

O Departamento de Quarentena do Panamá encarregado do controle do ingresso de animais de estimação  a esse país, está disponível no aeroporto Tocumen de segunda-feira a sexta-feira de 8.00 às 23:00h. Nos sábados, domingos ou feriados podem ser aceites animais de estimação ; no entanto, deve ser informado ao passageiro que os animais permanecerão nos canis do Aeroporto, além disso deve se contatar a um Médico Veterinário do Departamento de Quarentena quem se acercará ao aeroporto, este serviço tem um custo de USD 130 por animal e deve ser pago em dinheiro. Se por algum motivo não puder cobrir o custo, deve deixar o animal de estimação no Departamento de Quarentena até a segunda-feira quando o médico volta e realiza o procedimento correspondente para o ingresso do animal de estimação ao Panamá.

Peru

  • Certificado de saúde.
  • Certificado de vacinação em formato do colégio de médicos saúde (formato celeste).

Restrições legais por raça

De acordo com o Artigo 108-E do capítulo XIII da Lei 746, do dia 19 de julho de 2002, dado ao seu alto nível de periculosidade, "proíbe-se a importação de exemplares caninos das raças Staffordshire Terrier, American Staffordshire Terrier, American Pit Bull Terrier, ou de caninos produto de cruzamentos ou híbridos desta raças a território colombiano".

Se o animal de estimação nasceu na Colômbia, poderá retirá-lo do país, sempre que o dono tramite a autorização correspondente para seu ingresso novamente.

​​​​​​

Animais de assistência e suporte emocional

  • Aceitamos cães como animais de assistência ou de suporte emocional.
  • Apresentar-se com 3 horas de antecedência à saída do voo. Estar atento todos os anúncios realizados pela Linha Aérea, com a finalidade de permanecer informado sobre o estado do voo e evitar possíveis inconvenientes.
  • Tenha à mão todos os documentos legais e migratórios requeridos para que possa apresentá-los ao serem solicitados* e incluído, se também for o caso, o atestado médico.
  • Informe-nos sobre qualquer equipamento de assistência permitido que deseje transportar em compartimento de carga.

*No balcão de checagem por documentação, pontos de segurança e controle, sala de abordagem, a bordo.



Cães-guia ou se Assistência





​ ​

Cães-guia ou se Assistência

 

Os animais treinados especialmente para acompanhar pessoas em condição de deficiência são permitidos sem caixa especial de transporte dentro da cabine, sempre que seu amo esteja exercendo controle em todo momento sobre o animal de estimação.

Estes cães não serão considerados como transporte de animais vivos. Entende-se que ditos animais, estão treinados a realizarem suas necessidades fisiológicas em determinadas horas e lugares.

O Passageiro não pagará uma taxa adicional pelo transporte e peso de seu cão-guia. O mesmo será incluído dentro de sua bagagem despachada. Não há um limite estabelecido de cães-guia ou de assistência na cabine do avião.



Cães de Suporte Emocional



​ ​

Cães de Suporte Emocional

Se vai viajar acompanhado de um animal de apoio emocional deve apresentar um documento que certifique que tem uma deficiência emocional ou mental reconhecida, e que precisa de sua companhia durante o trajeto aéreo e/ou para as atividades que realizará em seu destino.

É necessário que um profissional de saúde mental ou o médico tratante forneça este certificado em papel timbrado, e que esteja especificada a data e o lugar de expedição do documento, as razões pelas que deve viajar com o animal e o tipo de licença do médico ou profissional da saúde mental. A emissão do documento deve ser inferior a um ano da data de saída do voo.

Por restrições de segurança, se viajar com um animal de apoio não poderá sentar em uma cadeira localizada na fila de saída de emergência.​


Cães de Busca e Resgate




​Cães de Busca e Resgate (K, B e R)

Os cães de busca e resgate irão diferenciados com uma peiteira, um microchip e certificado. Podem viajar em cabine, ao pé do guia, devidamente uniformado. O cão deve portar coleira e arreio duplo. Os mesmo não serão considerados como transporte de animais vivos.​