Por regulamentação da TSA, se restringe transporte de substâncias em pó para os Estados Unidos ou com conexão nos Estados Unidos

Por solicitação da Administração de Segurança de Transporte -TSA- começará a ser implementado a partir de 30 de junho de 2018 um procedimento de segurança, que restringe o transporte de substâncias em pó superiores a 12 onças ou 340 gramas*.

De acordo com isto, os viajantes com destino para os Estados Unidos ou com conexão para os Estados Unidos, deverão levar estes artigos em sua bagagem despachada  no porão.  Além disso, deverão ter em conta estas diretrizes:

  • Os itens que apresentarem adulteração, peso incomum, inconsistência do conteúdo ou estiverem em mau estado serão relatados à autoridade local de Segurança e à TSA e serão retidos e descartados como mercadorias perigosas.
  • As substâncias em pó adquiridas no Duty Free dos aeroportos, que superarem 12 onças ou 340 gramas deverão estar seladas em uma bolsa Secure Tamper Evident bag (STEB).
  • Os artigos em pó que forem detectados pela Segurança nas salas de embarque não poderão ser transportados nem na bagagem de mão nem no porão.

Para mais informações, você pode entrar em contato com nossos números de call center.

* A medida isenta substâncias com receita médica, fórmulas infantis e restos humanos. 

 

Perguntas frequentes

Resolva suas dúvidas

  1. Qual é a medida nova de segurança?
    Pela solicitude da TSA (Administração de segurança de transporte) A partir do sábado 30 de junho de 2018 não será permitido o transporte de substâncias em pó superiores a 12 Onças ou 340 Gr na bagagem de mão de viajantes para ou em conexão com os Estados Unidos.
  2. Desde quando a restrição entra em vigor?
    Desde 30 de Junho de 2018
  3. Para quais substâncias em pó a medida se aplica?
    Para todas as substâncias em pó superiores 12 Onças ou 340 Gr, com exceção de aquelas para aqueles com prescrição medica, formulas de bebe e restos humanos.
  4. Em quais rotas da Avianca a medida é implementada?
    Em todas as rotas para os Estados Unidos. Isto é, rotas da Bogotá, San Salvador, Lima, Medellín, Cali, Cartagena, Barranquilla, Pereira, Cidade de Guatemala, San Pedro Sula e Managua até Boston, Chicago, Dallas, Fort Lauderdale, Houston, Los Angeles, Miami, Nueva Jersey (Newark), Nueva York, Orlando, San Francisco e Washington. Todos os viajantes com destino final nos Estados Unidos ou que viajam em conexão até esse pais deveram acatar e respeitar a restrição, sim importar seu lugar de origem.
  5. O que acontece se o produto que eu levo na minha bagagem de mão pesar mais do que o estabelecido?
    Ao embalar sua bagagem, esses produtos devem ser registrados na adega. Se você os levar em sua bagagem de mão e não os informa ao pessoal de segurança ou os detecta sem que você os tenha informado, eles serão retidos e você não poderá transportá-los.
  6. A medida aplica para produtos comprados na área de Duty Free?
    As substâncias adquiridas no Duty Free dos aeroportos podem ser trazidas em bagagem de mão, sempre e quando são selados em um saco Secure Tamper Evident Bag (STEB), saco com caraterística de segurança.